sábado, 20 de setembro de 2014

“Porque nós estamos tão sequestrados por essa ideia de que a gente só tem que prestar atenção no que perdemos? Quem presta atenção demais naquilo que perdeu, corre o risco de não ver o que está ganhando”. Pe. Fábio de Melo

                                                               http://31.media.tumblr.com/tumblr_lorsyhEW3x1qlztito1_500.jpg


"O maior inimigo que nós podemos ter na vida não está de fora. O maior inimigo que nós podemos ter na vida está aqui dentro, sou eu, eu é que faço perder. Durante muito tempo eu pensei que os meus problemas fossem causados pelas pessoas que estavam de fora, mas não é verdade. O maior problema quem causa somos nós, é o tanto que a gente deixa o outro nos afetar, é o tanto que a gente deixa o outro nos dominar. 



O primeiro passo para mudança tem que ser meu, eu é que tenho que tomar posse dessa mudança e reorientar a minha vida então se eu cometi erros demais no passado, eu preciso me reconciliar com eles agora. Não é possível a gente continuar a vida sem fazer esse processo da reciclagem do que passou. O passado tem que ser reciclado. Da mesma maneira que o rio precisa ser purificado, eu também preciso dessa purificação todos os dias porque se não daqui a pouco eu sou um lugar insuportável para os outros.



Pessoas são semelhantes aos rios, gente, nós vamos vivendo um processo de poluição...passa um joga um lixo, passa um joga uma garrafa. O ser humano é a mesma coisa, por onde você já passou por essa vida, o que que foi que os outros jogaram em você e que você não retirou das águas? Se a gente não põe em ordem os sentimentos do dia, se a gente não faz uma triagem das coisas, nós vamos nos transformando num rio poluído. 



Sou eu que tenho que acreditar em mim, não é o outro que tem que ficar olhando pra mim e dizendo ‘eu acredito em você’. O que vai convencer o outro de que eu estou mudado e reconciliado com o meu passado não é o que eu falo, é o que eu vivo! E o que nós precisamos muitas vezes é firmar um novo jeito de viver. O que as vezes falta em nós é justamente essa coragem, determinação, de tirar logo as coisas que estão nos incomodando. 



Vamos pra frente, minha gente! Pra que ficar lamentando o que não deu certo, pra que ficar lamentando aqui o lixo que jogaram em mim naquele dia ou a poluição que me causaram. 



Eu agora estou diante de tudo isso, preciso dar um jeito, não tenho como negligenciar essa limpeza, sou eu que tenho que fazer, o inimigo não está fora, o inimigo está é aqui dentro e se tem alguém que pode fazer eu perder esse jogo sou eu mesmo. Quantas pessoas na vida não conseguem chegar lá, não conseguem alcançar os objetivos porque entregam os pontos antes da hora? Não teimam. 



Gente, nós temos que ser teimosos e Jesus nos ensina isso, essa teimosia bonita, né: eu quero isso, eu vou lutar por isso porque eu acredito no valor disso. É como você amar alguém, não desistir, porque você está vendo o que o outro ainda não viu". 


Pe. Fábio de Melo

"A velhice é esse tempo que passa a utilidade e aí fica só o seu significado como pessoa. Peço à Deus sempre a graça de ter quem me coloque ao sol, mas sobretudo, alguém que venha me tirar depois".


VELHICE - Pe. Fábio de Mello 



"Minha gente, eu sempre tive um carinho muito especial por velhos. Sabem disso, né? Eu me lembro que quando eu era criança, eu ficava encantado, vendo lá em Formiga - na cidade que eu nasci; os velhinhos que ficavam lá na praça jogando cartas, conversando fiado... Eu ficava olhando e pensando: meu Deus do céu, quando eu crescer quero ser aposentado. É verdade! Acho que o primeiro projeto que tive na vida foi ser aposentado. 


A velhice nos traz direitos maravilhosos, né? Fico pensando no tanto que a juventude é cheia de obrigações. Semana passada mesmo, eu estava pensando... Gente, como é difícil você ser jovem e ter o direito de se cansar, né? O velho não. Ele pode ficar cansado a hora que quiser, pode deitar na hora que quiser, pode dormir a hora que quiser; o máximo que vai ter é alguém batendo nas costas dele: "não, não liga não.. Mamãe ta velha"... A gente tem uma agenda tão pesada que muitas vezes não tem nem o direito de adoecer, né? E a velhice, esse tempo que a gente tem o direito de viver essa doce inutilidade. Porque, por mais que a gente se torne um velhinho esperto, né?... Tem uns aí... Muito espertos... Aquele amigo seu, né? Que não aceita que envelheceu...Tem esse tipinho! 

Por mais que a gente não aceite. Por mais que a gente seja um velhinho animado, esperto. A gente não tem como fugir disso. mais cedo ou mais tarde na vida, a gente tem que experimentar esse território desconsertante da inutilidade. Eu sei que a palavra é pesada, mas esse é o movimento natural da vida. Perder a juventude de alguma maneira, é você também perder a sua utilidade. É consequência natural da idade que chega. Quando o tempo sopra sobre nós essa poeira, né? Quando a gente vai perdendo as habilidades e as destrezas da juventude, a gente experimenta essa inutilidade que a velhice proporciona.

 Mas veja pelo lado bom, porque a gente tem que ser otimista; a utilidade é uma coisa muito cansativa. Você ter utilidade pra alguém é uma coisa muito cansativa. Ta certo, realiza. Humanamente falando é interessante você saber fazer as coisas, mas eu acredito que a utilidade é um território muito perigoso, porque muitas vezes a gente acha que o outro gosta da gente, mas não. Ele ta interessado naquilo que a gente faz por ele. E é por isso que a velhice é esse tempo que passa a utilidade e aí fica só o seu significado como pessoa. Eu acho que é um momento que a gente purifica, né? É o momento em que a gente vai ter a oportunidade de saber quem nos ama de verdade. Porque só nos ama / só vai ficar até o fim, aquele que depois da nossa utilidade, descobrir o nosso significado. Por isso eu sempre peço a Deus, sabe? Sempre faço à Ele, a oração D'Ele. Poder envelhecer ao lado das pessoas que me amem. Aquelas pessoas que possam me proporcionar a tranquilidade, né.. De ser inútil, mas ao mesmo tempo, sem perder o valor. Quando eu viver aquela fase na vida: põe o Pe. Fábio no sol... Tira o Pe. Fábio do sol... Aí eu peço à Deus sempre a graça de ter quem me coloque ao sol, mas sobretudo, alguém que venha me tirar depois. Alguém que saiba acolher a minha inutilidade. Alguém que olhe pra mim assim, que sabe / que possa saber que eu não sirvo pra muita coisa, mas que eu continuo tendo meu valor. 

Porque a vida é assim, minha gente, fique esperto, viu? Se você quiser saber se o outro te ama de verdade, é só identificar se ele seria capaz de tolerar a sua inutilidade. Quer saber se você ama alguém? pergunte a si mesmo: quem nessa vida já pode ficar inútil pra você, sem que você sinta o desejo de jogá-lo fora? É assim que descobrimos o significado do amor. Só o amor nos dá condições de cuidar do outro até o fim. Por isso eu digo: feliz aquele que tem ao final da vida, a graça de ser olhado nos olhos e ouvir a fala que diz: "você não serve pra nada, mas eu não sei viver sem você"." Pe. Fábio de Mello

http://nevesanynha.blogspot.com.br/2013/11/velhice-pe-fabio-de-mello.html



"Se duvidar de si mesmo e não perceber seu próprio valor, vai deixar as oportunidades passarem e permanecerá preso na insegurança"

http://cdn1.oitopassos.com//wp-content/uploads/2011/12/Beb%C3%AAs-Negros.jpg


Muita gente se sente insegura nos relacionamentos.
Um dos motivos é por acharem que não são bons o suficiente.

Quantas pessoas acabam relacionamentos promissores por insegurança, por acharem que é mais fácil cortar as relações antes que o outro o faça, justificando a si mesmo que é para fugir de futuros desgostos e rejeições?

Provavelmente todos passam por fases de insegurança, geralmente quando são muito jovens, mas com o tempo crescem emocionalmente e percebem que é possível ser feliz em relacionamentos de longo prazo.



Tentar adivinhar o que alguém está pensando acaba gerando insegurança e estresse. Perguntar constantemente “O que você está pensando?” Pode sufocar e fazer com que o outro sinta necessidade de se afastar para respirar.

Pare de olhar para os relacionamentos perfeitos. Vai acabar gastando toda a sua vida procurando desesperadamente o companheiro e os amigos ideais, se espera que sejam perfeitos. Pior ainda, o processo vai deixá-lo cada vez mais inseguro a cada relacionamento fracassado que não estiver de acordo com a sua fantasia de perfeição. É preciso muita experiência de vida para se conhecer , perceber as próprias imperfeições e ser capaz de ter relações harmoniosas. 

Pare de basear seus relacionamentos nos anteriores. Pense sobre aqueles momentos em que julgou alguém simplesmente porque o associou à alguma lembrança não muito boa do passado. Infelizmente, algumas pessoas guardam mágoas de relacionamentos passados e acham a todo momento que irão revive-las no presente. Não é porque vivenciou uma vez um relacionamento com alguém que era abusivo, desonesto, ou que o abandonou que precisa viver na defensiva com o mundo todo. Ainda há pessoas gentis e solidárias e que irão te amar de verdade.

Pare de inventar problemas que não existem. Inventar problemas e remoer tanto até acreditar que são reais, é um caminho para a auto-sabotagem. Muitas vezes somos ansiosos e nos enganamos com pensamentos negativos. Isso acaba nos deixando em um estado de alucinação sobre os piores cenários. Criamos monstros imaginários e ignoramos e verdade simples.

A insegurança é muitas vezes a culpada. Se duvidar de si mesmo e não perceber seu próprio valor, vai deixar as oportunidades passarem e permanecerá preso na insegurança.

O que precisa entender é que em todo relacionamento há altos e baixos, mudanças de humor, momentos de carinho e intimidade e momentos de atrito. Ser capaz de distinguir entre o que imagina e que está realmente acontecendo é um passo importante para a auto-confiança.

A qualidade da felicidade entre duas pessoas cresce em proporção direta à sua aceitação, e em proporção inversa à sua intolerância e expectativas. É como duas pessoas aceitam e lidam com as imperfeições do relacionamento, que o tornam ideal. Claro, isso não significa que você tem que aceitar tudo de todos. Há coisas que, obviamente, não são boas para você. Mas isso não significa que se houver dificuldades ocasionais em seus relacionamentos, deve tirar a conclusão precipitada de que todo o relacionamento é ruim, e ficar tão angustiado e inseguro a ponto de terminar.

Nenhuma relação significativa funciona perfeitamente o tempo todo. Sempre haverá dificuldades presentes, mas tente se concentrar na parte boa, que deve predominar. Pessoas inseguras constantemente procuram pelos sinais negativos. O que precisa fazer é procurar pelos sinais reais.

Aprecie as pessoas com quem se relaciona. Observe suas qualidades, torça por suas vitórias, incentive seus objetivos e ambições. Desafie-as a serem o melhor que podem ser. E reconheça o quanto são incríveis. 

Disponível em: http://cafecomamigas.com/2013/07/5-maneiras-para-deixar-de-ser-inseguro-nos-relacionamentos/



https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSH4t9PjlpTt60taUPRfBtSpqNxHeHpHM-82tq_NzpdJZPxp_YP

sexta-feira, 4 de julho de 2014

NOIVAS NEGRAS: CABELO E MAQUIAGEM, BELEZA E CHARME

Disponível em: www.elo7.com.br
Escolhi esta postagem como uma homenagem a minha amada e belíssima irmã Laurentina que irá se casar este mês, negra, linda e batalhadora... Faltando só uma fotinha dela aqui. Que Deus te ilumine sempre, irmãzinha. Felicidades para o casal!
Disponível em: http://veridianabiscuit.nafoto.net/photo20050325115602.html


BELÍSSIMAS IDÉIAS PARA AS NOIVAS NEGRAS
 FICAREM AINDA MAIS FORMOSAS. 
APROVEITEM PARA VISITAR OS SITES 




Disponível em:meucasamento.org

Disponível em : chicistawedding.wordpress.com

Disponível em: cherrypoyson.blogspot.com

Disponível em : essaminhabeleza.wordpress.com

Disponível em: luanda.quebarato.co.ao

Disponível em:http://www.oblogdanoivanegra.com.br/2012_02_01_archive.html

Disponível em: http://blogfestejando.blogspot.com.br/
Disponível em: www.maxibolsa.com.br

Disponível em: http://www.tropical.fm.br/category/papos-de-mulher/page/9/

http://omundodanoiva.blogspot.com.br/2012_09_01_archive.html
http://www.aslembrancinhasdecasamento.com/noivas-negras-saiba-como-se-maquiar/
Disponível em: trancanago.blogspot.com
Disponível em: http://www.oblogdanoivanegra.com.br/2012_02_01_archive.html
Disponível em: http://www.oblogdanoivanegra.com.br/2012_02_01_archive.html
Disponível em: www.muitochique.com
Disponível em: www.noivasdoriodejaneiro.com.br

Disponível em:bemcasadosoblog.blogspot.com

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Pesquise aqui...


“Como professor, não me é possível ajudar o educando a superar sua ignorância, se não supero permanentemente a minha”. Paulo Freire