quarta-feira, 28 de abril de 2010

“A intolerância religiosa é algo muito triste, vergonhoso, deplorável. Acho que o Estado brasileiro reage a certas afirmações preconceituosas de forma muito tímida”. (Vilson Caetano)

Veja a Entrevista Exclusiva com o Antropólogo Vilson Caetano II em OMI-DÙDÚ

Você já pode começar a se preparar para o "Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais" que acontecerá no mês de dezembro na Bahia. ¨¨¨¨ A submissão de trabalhos individuais ocorrerá até o dia 15/06/2010




A cidade de Salvador foi escolhida para abrigar, pela primeira vez, o Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais, nos dias 12, 13 e 14 de Dezembro deste ano. 

O Evento, que está em sua décima primeira edição, tem como tema as “Diversidades e (Des)Igualdades”, que serão discutidos em 22 eixos temáticos. Durante os três dias de evento, especialistas em ciências sociais e humanidades de diversos países estarão reunidos para debater a diversidade e a complexidade de sociedades diferenciadas, nos mais variados aspectos, como é o caso dos países de língua portuguesa.

A programação acadêmica acontece no campus de Ondina da UFBA, e conta com a realização de eventos públicos e atividades culturais no centro histórico de Salvador. O XI Congresso Luso Afro Brasileiro está sendo organizado por um comitê composto de pesquisadores de todas as universidades publicas da Bahia, com a coordenação do Centro de Estudos Afro-Orientais (CEAO) da Universidade Federal da Bahia.

A última edição do evento foi realizada na cidade de Braga, em Portugal, no ano de 2008, e reuniu cerca de dois mil participantes . Para esta edição, estima-se um público ainda maior.

Público alvo: Estudantes de graduação, pós-graduação, pesquisadores, docentes e profissionais.


Datas para as inscrições no Congresso: 



Categorias
Até
15/08/20
10
Até
15/10/2010
Até
15/11/2010
Profissionais
R$120,00
R$150,00
R$180,00
Estudantes de pós-graduação
R$80,00
R$100,00
R$120,00
Estudantes de graduação
R$40,00
R$50,00
R$60,00



SUBMISSÃO DE TRABALHOS INDIVIDUAIS 
(Veja no site a submissão de trabalhos para outras modalidades)

Proponentes: Pesquisadores doutores, mestres e estudantes de pós-graduação. O trabalho poderá ter, no máximo, quatro autores.


Modo de Inscrição: Resumo – entre 200 e 500 palavras – contendo apresentação, justificativa e objetivos da comunicação proposta.


Modo de Participação: seleção para participação em GTs ou sessões temáticas.



*Cronograma:

Submissão De 22/04 até 15/06/2010

Avaliação De 15/06 até 15/07/2010

Para mais informações e inscrições, acesse: http://www.conlab.ufba.br/

Fonte: http://www.conlab.ufba.br/

PROGRAMA DE BOLSA DE GRADUAÇÃO IBEU/IIE PARA JOVENS ENTRE 17 e 21 ANOS APROVADOS NO TOEFL

O IBEU vem patrocinando, desde 1938, como parte de sua meta para o constante
desenvolvimento das relações culturais entre o Brasil e os Estados Unidos, um programa
de Bolsas para Cursos de Graduação, em universidades nos Estados Unidos, com seleção
anual, em nível nacional.


O Exame TOEFL é requisito para inscrição, portanto, não poderemos
aceitar candidatura no concurso de Bolsas IBEU/IIE, se não recebermos o
score oficial do exame de inglês TOEFL. 


REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO:


1. Ter cidadania brasileira - candidato com dupla cidadania,
BRASILEIRA/AMERICANA, não será aceito.
2. Ter idade de 17 a 21 anos. O candidato que completar 22 anos durante o ano da
inscrição não será aceito.
3. Concluir o Ensino Médio até dezembro de 2010.
4. Apresentar histórico do Ensino Médio com excelente aproveitamento acadêmico.
5. Encaminhar, através dos códigos 8185 e 2326, o resultado do exame de Inglês
TOEFL - score oficial (pontuação mínima: Computer-based 213 pontos, Internet-based 80
pontos, Paper-based 550 pontos).
6. Comprovar, através de carta de banco, que dispõe de um MÍNIMO de US$
14,000 (catorze mil dólares) para pagamento de despesas pessoais durante o ano
(livros, seguro de saúde, manutenção e parte da anuidade da universidade).
7. Ser solteiro (a).
8. Optar por qualquer área de estudo, exceto DIREITO, MEDICINA,
ODONTOLOGIA E VETERINÁRIA. (Veja a justificativa no item 6 em Informações
Gerais).
9. Permanecer, obrigatoriamente, no Brasil, durante todo o processo de
candidatura e seleção.


INSCRIÇÃO: DE 1 A 30 DE ABRIL
A data limite para a inscrição é 30 de abril de cada ano - sem prorrogação.
As inscrições são feitas com um ano de antecedência. Candidatando-se num ano, o bolsista,
caso selecionado, viajará no ano seguinte (agosto ou setembro).

SAIBA MAIS:


domingo, 25 de abril de 2010

"ELES FINGEM QUE O PRECONCEITO NÃO EXISTE, MAS NÓS NÃO PRECISAMOS FINGIR, POIS SABEMOS QUE QUANDO O PRECONCEITO NÃO VEM DESCARADAMENTE, ELE COSTUMA VIR NAS ENTRELINHAS; ENTRELINHAS ESSAS QUE NÓS NEGROS JÁ APRENDEMOS A LER!" Tânia B. Teodoro


O Brasil foi o último país no mundo a abolir a escravidão. Entretanto, o término do sistema de exploração do trabalho escravo não representou o fim do da discriminação racial. Escravos “livres” tornaram-se prisioneiros de uma sociedade discriminatória. Sem vez e voz, deslocados, transformaram-se nas maiores vítimas de um tipo de violação de direitos ainda mais grave, o ‘racismo facial’.
“A sociedade brasileira tem esse preconceito facial há séculos. Para muitos, basta ser negro para tornar-se suspeito (Jaime Furtado de Pais)". (...).
“Vivemos em uma sociedade que se diz não racista, convivemos contraditoriamente com a necessidade de leis para que o racismo seja amenizado. Se é preciso proteger vagas com leis, esse é um sinal claro e evidente de que nesse país o negro ocupa posições inferiores” (Jaime Furtado de Pais).
Para muitos historiadores, a escravidão no Brasil apenas mudou de figura. A sociedade moderna convive com a herança cultural do escravismo tentando ignorá-lo, sem coragem para assumir o ônus pela situação econômica e social desfavorável em que a população negra se encontra.


"TODOS NÓS TEMOS A OBRIGAÇÃO DE LUTAR CONTRA TODAS AS FORMAS DE PRECONCEITOS"!

Racismo, uma longa história. Reportagem de Claúdia Lins. 2005. Texto completo e imagem disponíveis em: http://www.alagoas24horas.com.br/conteudo/index.asp?vEditoria=Reportagens%20Especiais&vCod=530

OLÍMPIADA DE LÍNGUA PORTUGUESA - ESCREVENDO O FUTURO. Inscrições até 14/05/2010


O que é?

Iniciativa do Ministério da Educação e da Fundação Itaú Social, com coordenação
técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação
Comunitária (Cenpec), a
 Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o 
Futuro
 tem o objetivo de contribuir para a formação de professores, visando à
melhoria do ensino da leitura e escrita nas escolas públicas brasileiras.



Tema: “O lugar onde vivo”

Com o tema "O lugar onde vivo", a Olimpíada valoriza a interação das crianças e
jovens com o meio em que vivem. Ao desenvolver os textos, o aluno resgata 
histórias, aprofunda o conhecimento sobre sua realidade e estreita vínculos com
a comunidade.



Em 2010, a Coleção da Olimpíada foi enviada para todas as escolas públicas do Brasil. A Coleção é composta por cadernos de orientação ao professor, que 
propõem uma sequência didática para o ensino da leitura e produção de texto, coletânea de textos e CD-Rom multimídia para quatro diferentes gêneros textuais (poema, memórias, artigo de opinião e crônica). 
Clique aqui para conhecer a 
Coleção da Olimpíada
.
Muito mais que um concurso de textos, a Olimpíada é uma oportunidade para o
aperfeiçoamento de professores e uma ocasião especial para os alunos
desenvolverem práticas de leitura e escrita.
 Para o aluno: contribui com o exercício de sua cidadania!
 Para o professor: contribui com o desenvolvimento de práticas pedagógicas de melhor qualidade!
 Para a comunidade: aproxima as escolas da população local e possibilita o reconhecimento de seus saberes!



Você, como Educador, pode e deve
 se inscrever e estimular seus 
alunos a participar! 




Quem pode participar?
Professores da rede pública que estiverem lecionando em 2010 e seus alunos dos:
5º, 6º, 7°, 8º e 9º anos (4ª, 5ª, 6ª, 7º e 8ª séries) do Ensino Fundamental e nas classes de aceleração equivalentes e 1º, 2º e 3º anos do Ensino Médio.

Premiação
Confira a premiação de cada etapa.

Etapa Estadual
Prêmios para professores e seus alunos autores dos 
500 textos finalistas
selecionados:
Professor: medalha e livros;Aluno: medalha e livros.
Etapa Regional

Prêmios para professores e seus alunos autores dos 
152 textos selecionados:Professor: medalha e aparelho de som portátil;Aluno: medalha e aparelho de som portátil;Escola: placa de homenagem.
Etapa Nacional

Prêmios para professores e seus alunos autores dos 
20 textos selecionados:Professor: medalha, microcomputador e impressora;Aluno: medalha, microcomputador e impressora;Escola: 10 microcomputadores, uma impressora e livros para a biblioteca.
Relato de Prática

Os professores autores dos 28 Relatos de Prática selecionados na etapa regional receberão um aparelho de DVD.
Informações e imagem disponíveis em: ihttps://ww2.itau.com.br/itausocial/olimpiadas2010/web/site/

sábado, 24 de abril de 2010

"Então, neste mundo de falências materiais e de valores humanos a solidariedade surge, como se renascesse das cinzas ou das águas". Campanha da UNICEF para arrecadar doações para as vítimas das chuvas no Rio de Janeiro

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), em parceria com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), promove a partir de hoje uma campanha de doações para as famílias que estão sofrendo as consequências dos desabamentos e inundações provocados pelas fortes chuvas no Rio de Janeiro.

As pessoas interessadas em fazer doações em dinheiro podem realizar seu depósito na conta do UNICEF no Banco do Brasil: Agência: 3382-0   Conta Corrente nº 404700-1   CNPJ do UNICEF: 03.744.126/0001-69

As pessoas que quiserem obter o recibo da doação devem enviar os seguintes dados para o email futurocrianca@unicef.org: nome completo, endereço, CPF, valor e data de doação.
Mais informações sobre a campanha podem ser obtidas por meio do 0800 601 8407 em horário comercial.
Veja essa informação no site da UNICEF BRAZIL- http://www.unicef.org/brazil/pt/media_17640.htm

IMAGENS DO DESLIZAMENTO NO MORRO DO BUMBA/RJ
http://oglobo.globo.com/blogs/arquivos_upload/2010/04/321_847-bumba.jpg

http://oglobo.globo.com/blogs/arquivos_upload/2010/04/321_847-bumba].jpg

                                    URL da imagem: http://g1.globo.com/Noticias/Rio/foto/0,,39539954-FMM,00.jpg








"As chuvas do dia 05/04/2010 no Rio de Janeiro deixou mais de 250 mortos e mais de 10.800 desabrigados. Infelizmente, foi preciso esses números alarmantes e o sofrimento de diversas famílias para que o governo e a sociedade olhasse para a situação das áreas de risco no Rio de Janeiro". Tânia B. Teodoro

Veja as imagens das chuvas do dia 05/04/2010 no Rio de Janeiro - ( Morro do Bumba). 
http://g1.globo.com/Noticias/0,,GF81265-5606,00-CHUVAS+NO+RIO+DE+JANEIRO.html


Mais notícias: http://veja.abril.com.br/blog/veja-acompanha/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Desastres_naturais_no_Rio_de_Janeiro_em_abril_de_2010
http://radioglobo.globoradio.globo.com/noticias/2010/04/08/TRAGEDIA-NO-MORRO-DO-BUMBA.htm


A frase que serve de título para essa postagem pertence à Janete Guilherme - Salgueiro/RJ - Disponível em: http://www.vivafavela.com.br/materias/momento-de-dor-sofrimento-e-solidariedade-em-são-gonçalo

APÓS A FORTE CHUVA QUE ABALOU O RIO DE JANEIRO NO DIA 05/04/2010, O SOFRIMENTO CONTINUA. * Leia o texto: 'Além das paredes' e dê sua opinião!





"Como não podia ser diferente em uma cidade como o Rio de Janeiro, marcada pelas desigualdades urbanas, a chuva trouxe problemas para todos, mas resultou em tragédia para uma parcela da população. Para as camadas mais empobrecidas e que viviam em áreas precárias, os estragos foram, sem dúvida, mais pesados. Estamos falando da dor de centenas de famílias que viram suas residências virem abaixo. Histórias de vida, recordações, a dedicação para a construção de uma casa, documentos, bens adquiridos com dificuldade e, em muitos casos, pessoas queridas. Tudo isso arrasado e soterrado pelos 212 milímetros (em média) de água que caíram sobre a cidade em cerca de 24 horas. 





Passado o desespero dos primeiros dias e cumpridas as demandas surgidas na emergência, é hora de refletir acerca das consequências dos eventos que se seguiram, da importância da prevenção e mais, levantar maneiras de atacar os fatores que causaram o caos. É nesse cenário que surge o debate sobre as áreas de risco. Em meio à tragédia, a precariedade na moradia de muitos cidadãos saltou aos olhos. Habitações construídas em cima de lixões, comunidades inteiras alagadas, encostas que cedem matando centenas. 

Nos jornais fala-se muito na remoção desta parcela da população. Claro, é inaceitável que ainda existam cidadãos vivendo em condições similares às que vimos no Morro do Bumba, em Niterói.


(...).





Se não há condições de morar, que se faça o melhor pelas famílias. Reassentar os moradores que vivem em uma situação que coloca em risco suas vidas significa mais do que retira-los de suas casas.


Primeiro, deve ter por premissa a Lei Orgânica do Município que condena a remoção de moradores, “salvo quando as condições físicas da área ocupada imponham risco de vida aos seus habitantes”. Para tanto, a Lei exige o laudo técnico do órgão responsável, a participação da comunidade interessada na definição das soluções e o assentamento em localidades próximas dos locais da moradia ou do trabalho. 

É preciso ainda que a sociedade civil, aliada ao poder público, se organize, de forma a garantir que os reassentamentos estejam voltados exclusivamente para garantir o direito à habitação de todos os cidadãos, precavendo-se de influências indesejáveis como a especulação imobiliária ou da política vulgar que se aproveita da tragédia para fazer campanha.





O prefeito anunciou que, de imediato, oito comunidades precisam ser deslocadas: Morro do Urubu, Morro dos Prazeres, Laboriaux (Rocinha), Fogueteiro, São João Batista, Cantinho do Céu e Pantanal (Turano) e Parque Columbia. No Urubu e nos Prazeres a derrubada das casas já começou. Cabe ao conjunto da sociedade acompanhar e fiscalizar. 


Mesmo cientes da necessidade dos reassentamentos não podemos deixar de estabelecer uma relação crítica ou fechar os olhos diante da crueldade que uma remoção envolve. Algumas questões não podem ser deixadas de lado. Para onde vão essas pessoas? Em que medida o aluguel social pode funcionar? Quais os critérios para escolha da área de reassentamento? 





Em uma cidade como a nossa, a identidade e sociabilidade construídas em territórios como os espaços populares servem para amortizar o impacto das desigualdades sociais. Romper com elas é elevar essas desigualdades ao infinito. Por isso, se é necessário derrubar casas, que o façamos de forma a preservar ao máximo as relações e subjetividades construídas para além das paredes".

Texto disponível no site "Observatório de favelas" - Editoral 20/04/2010  http://www.observatoriodefavelas.org.br/observatoriodefavelas/noticias/mostraNoticia.php?id_content=798

ASSINE A PETIÇÃO DO AVaaz.org A FAVOR DO "PROJETO FICHA LIMPA"! AJUDE O BRASIL A IMPEDIR QUE CANDIDATOS COM HISTÓRICO CRIMINOSO POSSAM SE CANDIDATAR NAS ELEIÇÕES!

"Prezados Parlamentares, nós pedimos vosso apoio ao Projeto de Lei da Ficha Limpa (PLP 518/2009). Contamos com o seu voto por eleições limpas, onde candidatos condenados por crimes graves como assassinato e desvio de verbas públicas se tornem inelegíveis. Nossos votos em outubro dependerão da sua atuação neste momento crucial da política brasileira". (Petição)

Em breve o Congresso irá votar no Projeto de Lei Ficha Limpa.



Nós temos pouco tempo para convencê-los a aprovar essa legislação ousada que irá mudar a política brasileira!



A Lei Ficha Limpa irá remover das eleições candidatos que cometeram crimes sérios como desvio de verba pública, corrupção, assassinato e tráfico de drogas. Vamos pressionar nossos deputados conseguindo 2 milhões de assinaturas para mostrar que se eles não votarem pela "Ficha Limpa" não votaremos neles! Assine e depois divulgue para todo mundo. Basta clicar no link a seguir: https://secure.avaaz.org/po/brasil_ficha_limpa/


FAÇA PARTE DO CIBERATIVISMO; FAÇA PARTE DO Avaaz.org - O mundo em ação! http://www.avaaz.org/po/

Saiba mais sobre o Projeto Ficha Limpa no site do "MCCE/ Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral"http://www.mcce.org.br/node/15

sexta-feira, 23 de abril de 2010

1º SIMPÓSIO NACIONAL DE SAÚDE DA POPULÇÃO NEGRA - HIV E AIDS


http://www.fcm.unicamp.br/simposio/sspn/images/stories/topo.jpg


A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) realizará, nos dias 20 e 21 de maio, o 1° Simpósio Nacional de Saúde da População Negra e HIV/Aids, em Campinas (SP).
O evento é organizado pela Disciplina de Infectologia do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Clínica Médica da Unicamp, pelo Núcleo de Estudos Populacionais (Nepo) e pelo Fórum de DST/Aids da Unicamp e do Serviço Social do Hospital de Clínicas da universidade.


O encontro pretende divulgar projetos de pesquisa realizados, referentes a um edital de pesquisa, proposto em conjunto entre o anterior PNDST/Aids, hoje Departamento de DST/Aids e Hepatites Virais, do Ministério da Saúde, e a Unesco. Além disso, o encontro debaterá a criação da Rede Nacional de Pesquisa e Estudos em Saúde da População Negra.


“Políticas públicas de prevenção às DST/Aids para a população negra”, “Estudo sobre as condições de acesso da população negra autodeclarada sexualmente ativa ao diagnóstico e tratamento do HIV/Aids”, “Estudo das representações sociais de saúde e doença de adolescentes femininas afrodescendentes sobre DST/Aids”, entre outros, são alguns dos temas em debate.
O simpósio será realizado no Centro de Convenções e Espaço Cultural Casa do Lago da Unicamp, localizados no campus universitário.


Mais informações: www.fcm.unicamp.br/simposio/sspn/ ou pelo telefone (19) 3521-7463 


Texto divulgado pela Agência FAPESP no dia 20/04/2010: http://www.agencia.fapesp.br/materia/12067/agenda/1-simposio-nacional-de-saude-da-populacao-negra-e-hiv-aids.htm

Para mais informações e inscrições acesse: http://www.fcm.unicamp.br/simposio/sspn/index.php?option=com_jforms&view=form&id=1&Itemid=622

quinta-feira, 22 de abril de 2010

FAÇA ESTÁGIO NA FIAT! Inscrições de 09 a 26 de abril de 2010


PROGRAMA DE ESTÁGIO FIAT - 2010¹


Para se candidatar a uma das vagas de estágio da Fiat Automóveis S.A, o candidato deve estar vinculado a um curso técnico ou superior.
Pré-requisitos:

  • Curso superior com previsão de formatura a partir de julho de 2011.
    Valor da bolsa para 6h: R$ 750,00
    Valor da bolsa para 4h: R$ 500,00

    Curso técnico em andamento ou finalizado com pendência de carga horária obrigatória de estágio.
    Valor da bolsa para 6h: R$ 500,00
    Valor da bolsa para 4h: R$ 340,00

    Etapas do processo de seleção:
    • Inscrições a partir de 09/04
    • Provas on-line a partir de 13/04
    • Presencial, painéis e entrevista a partir de 26/04
    • Entrevista com gestores a partir de 18/05


    Benefícios:
    • Bolsa de estágio
    • Programa de treinamento
    • Benefícios: assistência médica/transporte/alimentação
    • Desconto na compra de carro Fiat (após 1 ano de estágio)


    A FIAT busca em seus estagiários:


    • Abertura para atuar em qualquer uma das áreas da empresa, conforme análise da empresa e perfil do estagiário;
    • Ter disponibilidade de 4 ou 6 horas diárias para estagiar;
    • É desejável o idioma inglês;
    • Domínio do pacote Office.

    ¹Para estudantes de faculdades (com previsão de formatura a partir de 12/2010) que residem nas cidades dos Escritórios Regionais Fiat: Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo.


Informações disponíveis nos sites:

Pesquise aqui...


“Como professor, não me é possível ajudar o educando a superar sua ignorância, se não supero permanentemente a minha”. Paulo Freire

ARQUIVO DO BLOG