terça-feira, 8 de março de 2011

"Se eu tiver que deixar alguém não irei analisar o amor que tenho por esta pessoa e nem o amor que ela tem por mim e sim o amor que eu tenho por mim mesma. É este amor que me faz clamar por respeito". Tânia B. Teodoro



O amor é eterno
(Por: Thereza Christina Motta)


O amor é eterno
como ossos na areia
como lábios que murmuram
a mesma canção.
Eu te amo, ela disse.
Eu te amo, ele disse.
E a lava os cobriu
por inteiro.



Para conhecer outros poemas da autora acesse: 
"ALAMANDA - Antologia de inéditos"
http://enquantosevive.blogspot.com/


A imagem ao lado está disponível em:
http://enquantosevive.blogspot.com/


"NÃO DEIXE QUE AQUILO QUE VOCÊ DENOMINA COMO 'AMOR' TE ESCRAVIZE". 
Tânia B. Teodoro


"SE EXISTE UMA PONTE ENTRE AMOR E RESPEITO, ACREDITE; VOCÊ AINDA NÃO CONHECEU O AMOR ".
Tânia B. Teodoro



Nenhum comentário:

Pesquise aqui...


“Como professor, não me é possível ajudar o educando a superar sua ignorância, se não supero permanentemente a minha”. Paulo Freire

ARQUIVO DO BLOG