quarta-feira, 16 de novembro de 2011

"AS COISAS ESTÃO COMO ESTAMOS VENDO PORQUE PARECE INÚTIL PREOCUPAR-NOS COM OS OUTROS, PARECE QUE OS VALORES ESTÃO SE PERDENDO EM MEIO ÁS PREOCUPAÇÕES DO DIA-A-DIA(...). NÃO COMPREENDO POR QUE NOS DEIXAMOS LEVAR POR TANTAS COISAS E NÃO NOS PREOCUPAMOS EM SUPERAR NOSSA IGNORÂNCIA E SIM RIVALIZÁ-LA COM A IGNORÂNCIA DOS OUTROS. É POR ISSO QUE AS COISAS ESTÃO COMO ESTÃO". Tânia B. Teodoro


Senhor, fazei-me um instrumento de Vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor.
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão.
Onde houver discórdia, que eu leve a união.
Onde houver dúvida, que eu leve a fé.
Onde houver erro, que eu leve a verdade.
Onde houver desespero, que eu leve a esperança.
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria.
E onde houver trevas, que eu leve a luz.
Onde há ofensa, que eu leve o perdão.
Onde há discórdia, que eu leve a união.                                                                                            
Onde houver erro, que eu leve a verdade.
Onde houver desespero, que eu leve a esperança.
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria...
Ó mestre, que eu não busque tanto
Ser consolado, mas consolar.
Ser compreendido, mas compreender.
Ser amado, mas amar.
Porque é dando que se recebe.
É esquecendo que se encontra.
E é perdoando que se encontra o perdão.
Senhor, fazei de mim um instrumento de Vossa paz...
http://officeimg.vo.msecnd.net/en-us/images/MB900361646.jpg

Nenhum comentário:

Pesquise aqui...


“Como professor, não me é possível ajudar o educando a superar sua ignorância, se não supero permanentemente a minha”. Paulo Freire