terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

_ "HETERO NÃO PEGA AIDS"? IGNORÂNCIA OU PRECONCEITO? QUAL O NOME VOCÊ DÁ PARA ISSO? ISSO É UM "


"Marcelo Dourado, participante do Big Brother Brasil 10,  tem causado algumas polêmicas dentro da casa  desde que retornou ao "reality show" (creio que esse não deveria ser o nome desse tipo de programa, mas vamos deixar isso para depois). Primeiro, o lutador foi questionado sobre as suásticas tatuadas na barra da saia do samurai que está desenhado em seu braço esquerdo e respondeu que se tratava de "símbolos milenares". A tatuagem irritou a Federação Israelita do Rio.
Depois, em uma conversa com os participantes, Dourado afirmou que heterossexuais não eram contaminados pelo vírus da aids. "Hetero não pega aids, isso eu digo porque eu conversei com médicos e eles me disseram isso. Um homem transmite para outro homem, mas uma mulher não passa para o homem. Eu não uso camisinha com as minhas namoradas e ninguém vai me fazer mudar isso", disse ele"¹.

ORA, SE EXISTE ALGUM, OU MELHOR ALGUNS ESTUDOS CIENTÍFICOS QUE TENHAM CREDIBILIDADE E QUE AFIRMAM QUE APENAS HOMOSSEXUAIS SÃO SUSCEPTÍVEIS AO VÍRUS DA AIDS, POR FAVOR ME ENVIEM O LINK, O NOME DO ARTIGO OU A REVISTA CIENTÍFICA NA QUAL ELE FOI PUBLICADO, POIS "EU SÓ ACREDITO VENDO". 
QUANDO EU DIGO QUE "SÓ ACREDITO VENDO", NA VERDADE EU QUERO DIZER QUE EXIJO QUE ME SEJAM APRESENTADOS, TAMBÉM, FATOS EMPÍRICOS.
POIS, ATÉ ONDE EU SAIBA, SE FORMOS NOS EMBASAR NA REALIDADE CONTEMPORÂNEA, O VÍRUS DA AIDS (O HIV/ VÍRUS DA IMUNODEFICIÊNCIA HUMANA) NÃO ESCOLHE SUAS 'VÍTIMAS' (_ SE É QUE POSSO UTILIZAR ESSA PALAVRA) PELO DIRECIONAMENTO SEXUAL DELAS.
PRESTE ATENÇÃO NO TRECHO ABAIXO RETIRADO DE UMA DAS PRODUÇÕES CIENTÍFICO-ACADÊMICAS FEITAS PELA UNESP/ UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA²:
"A AIDS, mais do que uma doença é uma grave questão social, pois grande parte dos indivíduos infectados com o HIV é jovem. Este vírus não tem preferência por determinadas pessoas ou grupos. (...).
 Naturalmente tendemos a uma sensação de onipotência nos faz sentir imunes à contaminação pelo HIV, o que nos leva a pensar que a AIDS é uma doença distante de nós, que não acontece com a gente, que só os outros estão sujeitos a se contaminarem. Com este pensamento acabamos nos descuidando.
Todos estão sujeitos a esta doença, mulheres, homens, crianças, jovens, adultos, ricos, pobres, brancos, negros, homo, bi ou heterossexuais. A AIDS pode atingir qualquer um: acontece com os outros, mas também comigo e com você.
Importante para todos nós é saber que podemos evitá-la. Vencer as dificuldades, pedir e usar a camisinha. Conversar sobre fidelidade, infidelidade, sobre DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis) e AIDS com a pessoa que amamos. Conversar sobre nossos medos, gostos e desejos. Estas são as nossas armas contra o HIV (vírus da AIDS)".

Eu acho mais inteligente me prevenir do que acreditar em teorias não fundamentadas e, provavelmente, preconceitusas. E você? Quer arriscar sua própria saúde e pagar para ver?


Aprenda sobre AIDS e DST's no site: http://www.aids.gov.br/




Nenhum comentário:

Pesquise aqui...


“Como professor, não me é possível ajudar o educando a superar sua ignorância, se não supero permanentemente a minha”. Paulo Freire

ARQUIVO DO BLOG